$currentArticle.post_title
2016 é o ano dos filmes de super-heróis. Depois de Deadpool e de Batman vs Super-homem, estreia hoje o filme Capitão América: Guerra Civil. Neste filme da Marvel vemos uma certa reviravolta no tipo de histórias que nos são contadas. Existe um confronto entre super-heróis, em vez dos habituais confrontos entre os bons e os vilões.

A história centra-se no ‘Soldado de Inverno’, Bucky, que é acordado para cometer ataques que ponham em causa a segurança mundial. Entretanto surge a dúvida sobre o efeito do Vingadores no mundo e põe-se em causa todo o trabalho que estes fazem por nunca terem sido supervisionados, ou seja, poderem fazer o que querem sem que ninguém lhes diga nada.

Num destes ataques o Capitão América, que é amigo de infância de Bucky, descobre que este se encontra vivo e que é procurado pelo Estado americano e pelos Vingadores. É então que surge a separação no seio deste grupo de super-heróis. De um lado temos o Homem-de-Ferro que defende o lado bom e do outro temos o Capitão América que está fora da lei por aparentemente estar a defender um criminoso. Existem ainda outros super-heróis que entram no filme: Homem-Aranha, Visão, Viúva Negra, Máquina de Combate e Pantera Negra que estão do lado dos bons e Homem-Formiga, Soldado de Inverno, Falcão, Arqueiro e Feiticeira que estão fora da lei.

É um filme que nos mantém atentos do principio ao fim porque tem uma história diferente do habitual. Tem vários super-heróis que as pessoas gostam, tem os dois lados da moeda criando assim ainda uma maior identificação com o filme e tem um argumento bastante bem conseguido.

Bruno Nunes

Deixa o teu comentário




Mais Cenas


Para Rir

  • estao dois tomates no forno um vira-se para o outro e diz "esta qente aqi dentro" e o outro responde "ah!! um tomate que fala"...


    força porto

Sapo Kids

Olha o que o sapo

tem para ti